Crítica | Ao Cair da Noite

O cinema sempre foi muito bem apoiado pelo grande público, ainda mais quando falamos do cinema americano. Com grandes produções e efeitos, cada filme toma forma do seu jeito, mas quando pensamos no gênero de terror nem sempre precisamos disso tudo, ainda mais que ele é quem anda em alta nos olhos do público e com Ao Cair da Noite não foi muito diferente.

Com seu terror psicológico, temos a mesma sensação que no longa, A Bruxa, e rapidez em cenas como em Corra!. Começando o filme com uma cena de despedida da filha de seu pai doente, ficamos sem entender o que está ocorrendo e logo chegamos a cena brutal, que nos faz entender –  ainda não muito – mas um pouco do que está por vir.

Vemos a sociedade agindo de forma já esperada, reagindo ao desconhecido e se prevenindo de todas as formas. Os humanos lutando pela sobrevivência e cuidando do mais próximo, mas como todo humano, temos o instinto de ajudar o próximo, mas que em algumas ocasiões precisamos ter um pouco de pé atrás já que nem todas as pessoas tem boas intenções.

181205.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx.jpg

O longa consegue bem representar a questão de sociedade e também racial – que vemos em Corra! – mas que é mostrada de forma mais gentil, principalmente por não ser o foco da história. O jogo de câmeras dando zoom-in constante nas cenas de tensão, sentimos o sadismo provocado pelo diretor, Trey Edward Shults, que gosta de provocar o telespectador nos fazendo mergulhar ainda mais na história.

Ao Cair da Noite, nos leva me uma jornada de medo e tensão pelo desconhecido, sendo guiados pelo garoto negro em seus pesadelos e seu lampião que ilumina o caminho, para que conseguimos ver não só as pessoas, mas também o mal que pode existir em cada um.

Nota: 4/5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s